segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Verão abre alta temporada de turismo estrangeiro no Brasil


Verão abre alta temporada de turismo estrangeiro no Brasil

Estimativa da Embratur prevê mais de 2,4 milhões de visitantes do exterior até o final da estação

Com cerca de 7 mil quilômetros de costa e clima tropical, o Brasil atrai admiradores do mundo todo durante o ano, mas é no verão que mais pessoas se rendem as belezas naturais e ao caloroso charme do país, fazendo da estação a época mais aguardada pelo setor de turismo, desde as grandes companhias até os pequenos comércios regionais, especialmente os que se encontram a beira-mar. O Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) espera, para os próximos meses, um aumento de cerca de 11% no número de estrangeiros que visitam o Brasil em relação ao verão passado. Notícia animadora em um período difícil: mesmo com as Olimpíadas e as Paraolimpíadas Rio 2016, o quadro econômico não foi dos melhores devido à crise que o país enfrenta nos últimos anos.
Aquecimento econômico

Diante das previsões positivas diversos setores já se preparam para atender a demanda turística, tanto estrangeira quanto nacional. Dados divulgados pelo Ministério do Turismo (MTur) apontam que até outubro de 2016 os gastos de turistas estrangeiros no Brasil acumularam o valor de mais de 5 bilhões de dólares – 6,57% a mais em comparação com o mesmo período de 2015. A expectativa é que o saldo da receita se mantenha positivo neste ano. Estima-se que entre dezembro de 2016 e fevereiro de 2017 os gastos acumulem um total de mais de 6,5 milhões de reais.

Em vista disso, o setor aéreo, um dos segmentos mais afetados pelo encolhimento do mercado, se mantém otimista e já reforça sua malha para atender a alta demanda impulsionada pela estação e as férias coletivas e escolares, visando recuperar os baixos rendimentos obtidos em 2016. Outros setores apostam suas fichas na alta temporada, especialmente o comércio. Com a desvalorização do real diante da crise econômica e da instabilidade do dólar, o mercado brasileiro se torna um atrativo a mais para os que vem de fora.
Principais destinos nacionais

O litoral é sem dúvidas o destino mais atraente do Brasil, o estudo do MTur revela que na escolha dos estrangeiros o Rio de Janeiro (RJ) e Florianópolis (SC) lideram a preferência entre os lugares mais cobiçados pelos visitantes que, na maioria, vem de países como Argentina, Estados Unidos e Chile. A capital carioca, que está em primeiro lugar no ranking, atrai milhões de pessoas para a comemoração do Réveillon na praia de Copa Cabana e a visita ao Cristo Redentor, além de suas famosas praias, mas Florianópolis também domina a preferência dos nossos vizinhos, especialmente dos argentinos.
Maior fluxo no Sul do Brasil

Dos 6,3 milhões de turistas estrangeiros que visitaram o Brasil em 2015, mais da metade veio da América do Sul e, entre eles, a liderança é Argentina, que se concentra, em maior parte, na orla de Santa Catarina que, além de possuir belas praias, ainda atrai pela proximidade. Segundo previsão do MTur o fluxo de argentinos na capital catarinense deve ser por volta de 1,4 milhão – 25% maior do que no último verão. O estado espera receber quase 9 milhões de turistas brasileiros e estrangeiros nessa temporada.
Entraves do turismo nacional

O Brasil já é considerado um dos principais destinos de turistas do mundo todo. Várias praias nacionais figuram entre as melhores e o país venceu recentemente a categoria de atrativos naturais em um estudo realizado pelo Instituto Internacional de Pesquisas e Inteligência de Mercado, o Ipsos, sobre as principais qualidades da região, com líderes de opinião e jornalistas de 15 países latino-americanos. No entanto, apesar do cenário paradisíaco e das previsões otimistas, os números do segmento turístico não são muito expressivos quando comparado em escala global.

Além do corte em investimentos e a falta de propaganda no exterior, o especialista no setor de milhas aéreas, Francisco Lobo, aponta outros fatores que impedem que o país avance atualmente: “O Brasil concorre com países caribenhos por suas paisagens naturais, porém não tem condições de oferecer a mesma qualidade em infraestrutura e competitividade nos preços. Com a crise, por exemplo, vários voos foram suprimidos e isso se reflete no valor das passagens repassadas ao consumidor”.

Com relação a outros países como o Chile, por exemplo, os indicadores brasileiros ainda estão muito baixos. Para se ter uma ideia, os americanos estão entre os turistas que mais viajam pelo mundo, mas o Brasil ocupa apenas o 25º lugar no ranking dos destinos mais procurado por eles, para o diretor da empresa Cash Milhas essa posição deve-se sobretudo aos preços elevados da ponte aérea, que além da distância ser maior em relação aos países do Caribe, ainda são agravados pela crise e retração no setor.
Cenário conturbado

O setor aéreo tem amargado os efeitos negativos da crise econômica que o país enfrenta atualmente e, até dezembro, já acumulava mais de um ano de retração, nos quais o número de passageiros em busca de voos domésticos e internacionais nas companhias aéreas brasileiras decrescia continuamente, o que, segundo Lobo, diminui a oferta de assentos e eleva as tarifas consequentemente. A Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) prevê uma queda de 8% em comparação com o período anterior. Mas, apesar desse recuo, a alta temporada de verão e as previsões otimistas reforçam as expectativas das empresas brasileiras, que abriram novas rotas e voos extras para atender a demanda esperada durante a estação.
Turismo doméstico ainda é principal pilar do segmento

As paisagens naturais são dignas de qualquer cartão postal e colocam algumas praias do litoral brasileiro entre as melhores do mundo. Apesar disso o Brasil ainda está em 45ª posição no ranking de países que mais recebem visitantes estrangeiros, e não é apenas pela distância dos maiores emissores de turistas, mas também por falta de infraestrutura adequada e investimentos no setor. Segundo especialistas, países distantes como a África do Sul tem um índice mais elevado que o Brasil.

Por isso, o segmento turístico brasileiro depende muito do turismo nacional que, diferente do comércio, tem conseguido manter a receita positiva mesmo diante dos percalços da economia do país. O fluxo de viagens nacionais pelos próprios brasileiros cresce e aquece o setor – O MTur prevê mais de 73 milhões de viagens internas nessa temporada, que promete movimentar cerca de R$ 100 bilhões na economia. 

Segundo um levantamento feito pelo Ministério do Turismo (MTur), 80% dos brasileiros que irão viajar nesse verão não pretendem deixar o país. Motivados pela crise e a necessidade de economizar nessas férias, 8 em cada 10 pessoas optam por destinos nacionais para aproveitar o calor intenso da estação sem apertar o orçamento. A escolha não é muito diferente dos estrangeiros, o clima quente pede sol e mar, e nessa categoria o país não deixa a desejar.

Fonte: Cash Milhas

--

Assessoria de Imprensa

Laisa Sales / Redação
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

AUGUSTO CÉSAR: DEPUTADO ESTADUAL-PE

AUGUSTO CÉSAR: DEPUTADO ESTADUAL-PE
AUGUSTO CÉSAR: DEPUTADO ESTADUAL-PE DO LITORAL AO SERTÃO PERNAMBUCO FONTE

PREFEITURA DE BETÂNIA - PE

PREFEITURA DE BETÂNIA - PE
PREFEITURA DE BETÂNIA - PE A FORÇA DO POVO, CONSTRUINDO UM NOVO TEMPO

SERTAMOL HONDA SERRA TALHADA-PE

SERTAMOL HONDA SERRA TALHADA-PE
SERTAMOL HONDA Matriz Av. João Gomes de Lucena, 4743, São Cristóvão - Serra Talhada - PE (87) 3831-2380/2226. Filial Sertamol Honda Rod. PE 320, Nº 1594 Carnaíba - PE Fone: 9957-0051/9957-0068 ...

FARMÁCIA VISÃO SERRA TALHADA-PE

Farmácia Visão tem um banco postal que aceita contas de Água, luz, telefone, Detran, e outros boletos bancários. Farmácia Visão - Evoluindo para melhor lhe atender !

SERRALHARIA 2 IRMÃO, SERRA TALHADA-PE

Avenida Triunfo , 440 - Serra Talhada-Pernambuco. Fones: (87)98853-9484/ (87)99618-7118/ (87)996700306

CICLO BIKE MOTO PEÇAS

CICLO BIKE MOTO PEÇAS
TUDO PARA SUA BICICLETA E PEÇAS PARA MOTO. SERVIÇOS GERAIS DE BICICLETA E MOTOS, RUA 13 DE MAIO, Nº 110 / CENTRO / SERRA TALHADA - PE

FARMÁCIA PRONTO SOCORRO FLORES-PE

FARMÁCIA PRONTO SOCORRO 100 ANOS ZELANDO POR SUA SAÚDE.MEDICAMENTOS HUMANOS E VETERINÁRIOS. TRAV. MANUEL QUIDUTE SOBRINHO - Nº18 FLORES-PE . ORG = GUILHERME ANDRADA.

THIAGO VEÍCULOS

THIAGO VEÍCULOS

ART CEELL

Rua Enock Ignácio de Oliveira / Vizinho ao Mercado Público / Serra Talhada

VENT REFRIGERAÇÃO

VENT REFRIGERAÇÃO
Rua Espírito Santos - Paulo Afonso - Bahia Fone: 75 3281-4944 / 75 99145-3737 / 75 98856-1673

MOVELAR

CURTA NOSSA PÁGINA

ABLOGPE


Arquivo do Blog