quinta-feira, 30 de março de 2017

Operação da Polícia Federal erradica 362 mil pés de maconha no Sertão


Foto: PF/ Divulgação

Operação da Polícia Federal erradica 362 mil pés de maconha no Sertão

Montante seria suficiente para produzir cerca de 160 toneladas da droga. Traficantes plantaram erva junto à mandioca para despistar a PF

A Polícia Federal em Pernambuco apresenta, na manhã desta quinta-feira, o resultado da operação Baraúna, que erradicadou 362 mil pés de maconha nas ilhas do Rio São Francisco nos municípios de Orocó, Cabrobó e Belém do São Francisco, Sertão de Pernambuco. De acordo com a PF, o montante seria suficiente para produzir cerca de 160 toneladas da droga.

Durante a ação também foram apreendidas mais de duas toneladas de maconha pronta para o consumo e descoberta uma nova tática dos traficantes, de plantar a erva misturada com mandioca, para ocultar os plantios e dificultar a localização pelos policiais federais durante as inspeções feitas em helicópteros.

Os trabalhos, realizados pela PF em Salgueiro, com apoio do Corpo de Bombeiros e de policias civis do Distrito Federal, fazem parte das estratégicas adotadas pela Coordenação-Geral de Prevenção e Repressão a Entorpecentes-CGPRE, Órgão Central da Polícia Federal em Brasília, para reduzir a produção e oferta de maconha na região. A operação contou com um efetivo 40 policiais entre federais, civis e militares do GATI e do Corpo de Bombeiros de Belém do São Francisco. Os policias trabalharam com incursões terrestres, aéreas e fluviais e contaram com o apoio de três aeronaves sendo duas da Coordenação de Aviação Operacional da Polícia FederalF e uma da Polícia Civil do Distrito Federal, além botes infláveis do Corpo de Bombeiros.

De 15 a 22 de março, foram erradicados 362 mil pés de maconha, 97 plantios, 159 mil mudas da planta e apreendudos 2.100 Kg de maconha pronta para o consumo. Ninguém foi preso. Os plantios foram localizados após levantamentos feitos pela Polícia Federal.
Via Diário de PE

0 comentários:

Postar um comentário