segunda-feira, 3 de abril de 2017

Augusto César diz que sertão vive dias de terror


Ao criticar o Pacto Pela Vida, Augusto César diz que sertão vive dias de terror

O crescimento da violência voltou a ser tema no Plenário da Assembleia. O deputadoAugusto César (PTB) lamentou o aumento dos homicídios em 2017 e fez apelo ao Governo do Estado para que a gestão priorize os gastos com segurança pública. O parlamentar defendeu a valorização das polícias e o desenvolvimento de novas estratégias para o combate ao crime em Pernambuco.

“Tivemos quase mil assassinatos nos primeiros dois meses”, destacou, citando casos de maior repercussão como a chacina na zona rural de Caruaru, no Agreste, na semana passada. “Antigamente marcado pela tranquilidade, o Interior vive dias de terror”, apontou. O deputado chamou atenção para o crescimento no número de assaltos, homicídios, explosões de agências bancárias e comércio de drogas. Augusto César classificou o momento como “a pior crise do Pacto pela Vida” e cobrou providências. “A segurança pública precisa ser revista e as estratégias, modificadas”, defendeu.

Via juniorcampos.net

0 comentários:

Postar um comentário