quarta-feira, 12 de abril de 2017

Lula diz que não teme ser preso e está à espera de provas contra ele



O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez uma transmissão ao vivo em sua página no Facebook durante uma entrevista para a Rádio Meio Norte, de Teresina, Piauí.

Questionado pela jornalista sobre a atual situação do Brasil e dos brasileiros, Lula afirmou que “há razões para que o povo esteja nervoso e irritado”.
O ex-presidente considera que ‘é preciso voltar a ter um governo que tenha credibilidade’ e defendeu que o mandato do petista provou que o Brasil pode ser diferente e melhor.
“Nós saímos de uma fase em que o povo tinha esperança, tinha muita expectativa e que o Brasil vinha crescendo, era respeitado no mundo inteiro, para um fase que só tem notícia ruim, só tem desgraça todo dia, só aumenta o desemprego. O governo quer piorar a previdência, quer tirar direito dos mais pobres. Tudo isso cria um clima de nervosismo e a sociedade fica irritada”, disse o petista.
Ainda ao falar sobre a atual situação de crise que afeta milhões de brasileiros, Lula ressaltou que ‘o povo tem que voltar a estudar, tem que ter acesso a cultura’.
“Eu acredito que só tem um jeito de melhorar o Brasil, ter um governo democraticamente eleito, ter um governo que tenha compromisso e esteja olhando para os mais necessitados, que precisam do Estado”, afirmou o ex-presidente.
Lula prosseguiu dizendo que o governo e o Estado são responsáveis por fazer com que as pessoas tenham oportunidades.
“Oportunidade significa trabalhar, ter um salário, ter escola para estudar, poder entrar na universidade, fazer um curso técnico. A única coisa que garante igualdade de oportunidade para pobres e ricos é através da educação”, disse.
PRISÃO
A jornalista da Rádio Meio Norte questionou sobre as diversas notícias falando sobre uma possível prisão do ex-presidente e Lula respondeu que vive com ‘muita tranquilidade’.
“Eu parto do pressuposto de que para alguém ser preso tem que ter provas para condenar esta pessoa. Eu estou há três anos esperando e duvido que tenha um empresário nesse país que possa dizer em alto e bom som que algum dia o ex-presidente Lula pediu dinheiro para ele”, disse o petista.
Lula reafirmou que está à espera de provas que confirmem se ele cometeu algum crime. A declaração do ex-presidente surge um dia após o empresário Marcelo Odebrecht ter afirmado que pagou R$ 13 milhões em espécie para Lula.
FUTURO POLÍTICO
Durante a conversa, Lula também comentou sobre o seu futuro político e afirmou que está disposto a ser candidato à presidência, caso o Partido dos Trabalhadores opte por isso.
Lula avaliou que um governo ‘deve agir como um coração de mãe’ e ‘olhar sempre para aqueles mais necessitados’.
O ex-presidente também afirmou estar muito preparado para concorrer às eleições e diz que se sente provocado pelos adversários para se candidatar. Lula garante que tem condições de governar o país pois sabe ouvir o povo, dialogar e discutir com todos os brasileiros, e tem capacidade de melhorar a vida do país.
“Estou muito otimista e disposto a brigar”, finalizou Lula.
Via: Nayn Neto

0 comentários:

Postar um comentário