terça-feira, 25 de abril de 2017

Pernambuco de Verdade revela saúde precária, obras paralisadas e crescimento da violência


Pernambuco de Verdade revela saúde precária, obras paralisadas e crescimento da violência

Bancada de Oposição na Alepe vai apresentar pedidos de informação ao Governo do Estado e solicitações de audiência pública à Mesa Diretora da Alepe nas áreas de saúde, segurança e obras públicas

As três primeiras visitas do Pernambuco de Verdade revelaram problemas comuns enfrentados pela população do Sertão do Pajeú, Sertão do Moxotó, Agreste Setentrional e Agreste Meridional. Os problemas, que já apareceram nos dois primeiros relatórios da Bancada de Oposição, voltaram a se repetir no documento divulgado nesta segunda-feira (24), após visita realizada na última semana a Garanhuns e cidades vizinhas.

Líder da Bancada, o deputado Silvio Costa Filho (PRB) vai apresentar um pedido de informação sobre a situação da Farmácia do Estado e o abastecimento das farmácias do Lafepe, além de propor a realização de uma audiência pública sobre o tema. “A falta de medicamentos foi um problema já identificado em Serra Talhada, Santa Cruz do Capibaribe e, agora, em Garanhuns, onde a administração municipal se queixa da falta de repasses dos recursos da Farmácia Básica. É preciso que a oferta desses medicamentos seja tratada como prioridade pelo Governo”, cobrou o parlamentar.

Queixa também recorrente nas plenárias do Pernambuco de Verdade, a redução das bolsas do Proupe serão avaliadas pelas deputadas Priscila Krause (DEM) e Teresa Leitão (PT), também através de pedido de informação ao Governo do Estado e possível realização de audiência pública. “É importante lembrar que o programa cumpre o papel de possibilitar o acesso de jovens carentes ao ensino superior”, destacou a Priscila. Presidente da Comissão de Educação e Cultura, a deputada Teresa Leitão pretende levar o debate para o colegiado.

Também já estão programadas audiências públicas para discutir a questão da segurança pública e o Pacto pela Vida, além da rede pública de saúde e as OSs, ambas na Comissão de Cidadania e Direitos Humanos.“O Pernambuco de Verdade é um contraponto importante à propaganda do Governo do Estado e servirá como base de informação para subsidiar a atuação dos parlamentares da Oposição”, destacou Silvio Costa Filho.

0 comentários:

Postar um comentário