sábado, 6 de maio de 2017

Adolescente grávida que foi estuprada e viu o namorado ser degolado, disse que só não foi morta por ser bonita


Adolescente grávida que foi estuprada e viu o namorado ser degolado, disse que só não foi morta por ser bonita

A vítima de estupro coletivo de Uruçuí (PI), uma adolescente grávida de seis meses, afirmou em depoimento à polícia nesta quinta-feira (4) que só não foi morte após o crime porque um dos agressores a considerou “bonita”.

Depois de sofrer a agressão sexual, na noite de terça-feira (2), a jovem presenciou o assassinato do namorado, cujo corpo foi jogado no rio Parnaíba.
“Em meio à toda confusão, quando já haviam matado o namorado dela, um dos menores ainda deu a ideia de que deveriam matá-la também, mas outro menor se manifestou e disse ‘não, não vamos matar ela não’. Depois disso, o mesmo que tinha pensado em cometer mais esse crime concordou e falou ‘não vamos te matar porque você é bonita’ e a libertaram”, contou o delegado Bruno Ursulino, em entrevista ao G1.
O namorado da jovem, identificado como Flaviano da Silva Marinho, 19 anos, foi degolado. Os três adolescentes envolvidos no crime confessaram que mataram Flaviano e estupraram a adolescente, que reconheceu os suspeitos e a a faca usada para a ameaçá-los.
Ainda segundo o delegado, há suspeita de que os criminosos filmaram o crime. “Tanto os celulares das vítimas como dos suspeitos foram apreendidos e passarão por perícia. Existe ainda a suspeita de que o crime foi filmado pelos adolescentes infratores”, afirma Ursulino.

Via blogtvwebsertao.com.br

0 comentários:

Postar um comentário