Blog Benjamin Leite

No Ceará, médica contrária ao isolamento social morre vítima de coronavírus


No Ceará, médica contrária ao isolamento social morre vítima de coronavírus

Lúcia Dantas Abrantes, de 66 anos, teria contraído o vírus em uma carreata em favor da reabertura do comércio, em Fortaleza

A profissional de saúde de 66 anos, antes de ser diagnosticada participou de uma carreata contra o isolamento social - FOTO: Divulgação


De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Iguatu, no Cerá, a médica Lúcia Dantas Abrantes, de 66 anos, faleceu na tarde da última sexta-feira (10) vítima do novo coronavírus. A profissional de saúde já havia se manifestado contra às medidas de isolamento social.



A médica, que participou de uma carreata contra o isolamento social em Fortaleza, começou a apresentar sintomas da covid-19 ao retornar para Iguatu, cidade em que residia. Lúcia realizou o teste para a doença e testou positivo, chegou a ficar internada por mais de dez dias em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e nesta semana teve seu estado de saúde agravado. Ela foi entubada e acabou não resistindo à infecção pulmonar.

Em suas redes sociais, a médica subestimava o coronavírus. Em publicações, Lúcia comentou: “Existem vírus muito mais potentes e que matam muito mais (H1N1 por exemplo) e ninguém está nem aí para eles. Por que será?”. Após sua morte, todas as publicações relacionadas à doença foram apagadas.

Via jc.ne10.uol.com.br

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

premocil

SERTAMOL HONDA SERRA TALAHADA-PE