Blog Benjamin Leite

Governo Bolsonaro altera chefia do setor de inteligência da Polícia Federal



Guilherme Torres, que já foi chefe de contrainteligência e antiterrorismo da PF, assumiu a vaga deixada com a saída do delegado Luís Flávio Zampronha. Em uma reunião ministerial do dia 22 de abril, Bolsonaro reclamou da falta de acesso a informações de inteligência da PF.

O governo Jair Bolsonaro, que já havia promovido uma troca no comando da Polícia Federal, agora determinou alterações na chefia de inteligência da corporação. Segundo reportagem da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, o delegado Luís Flávio Zampronha deixou a coordenação-geral e o policial Guilherme Torres, já foi chefe de contrainteligência e antiterrorismo, assumiu a vaga.

Torres, segundo a reportagem, foi responsável pela operação Hashtag, que prendeu suspeitos de terrorismo às vésperas da realização da Olimpíada do Rio de Janeiro. Em uma reunião ministerial do dia 22 de abril, Bolsonaro reclamou da falta de acesso a informações por parte de setores de inteligência do governo, como a Polícia Federal e pressionou o ex-juiz Sérgio Moro a mudar o comando da corporação. 

"Por isso, vou interferir. Ponto final. Não é ameaça, não é extrapolação da minha parte. É uma verdade", disse Bolsonaro na ocasião.

brasil247.com

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

premocil

SERTAMOL HONDA SERRA TALAHADA-PE