domingo, 16 de dezembro de 2018

Itapetinense é ultrapassado pelo próprio carro furtado a caminho de Patos


Itapetinense é ultrapassado pelo próprio carro furtado a caminho de Patos

Uma história digna de roteiro de cinema foi registrada na noite da última sexta-feira, 14 de dezembro, entre Patos e Itapetim.

Por volta das oito da noite o motorista Fábio Júnior de Sousa Batista, que reside em Itapetim, deixou seu carro modelo Parati, de cor dourada na garagem, e seguiu para Patos em outro veículo.

Ao iniciar a descida da Serra de Teixeira percebeu que seu veículo, a Parati, passou por ele, sendo conduzida por dois homens estanhos. Ele logo percebeu que se tratava de um roubo.

Nesse momento deixou o veículo em que seguia e se jogou sobre o seu, mas foi jogado para fora pelos bandidos.

Ferido ele fez contato com a Polícia de Teixeira, que avisou aos colegas de Patos. Eles logo montaram uma barreira na entrada da cidade, setor sul, conseguindo parar a Parati, e prender os acusados.

Segundo o Patos On Line, Fábio Júnior foi avisado e logo se dirigiu para Pasto, onde recuperou seu veículo, onde fez algumas fotografias e postou nas redes sociais.

Via nilljunior.com.br
Compartilhe:

Após 5 (cinco) anos, morando em outra cidade, Florense está mais próximo de se tornar Engenheiro.




Diego Siqueira, 24 anos, Florense, estudante de Engenharia Civil na Universidade Católica de Santos, na Cidade de Santos, São Paulo, acaba de ser aprovado no TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), o que lhe deixa cada vez mais próximo de se tornar engenheiro. Nascido em um povoado pequeno (São João dos Leites), o universitário sempre sonhou alto, e não hesitou, nem mediu esforços para que esse sonho se tornasse realidade.

Em conversa com o nosso Blog, o universitário revela que não é fácil ficar longe da família, principalmente pela saudade, mas que em nenhum momento pensou em desistir. “Quero ser exemplo para todos e, mostrar que independente de qualquer obstáculo, todos nós somos capazes de realizar nossos sonhos”, afirma ele.

Diego, que agora está no final na graduação, se prepara para mais um sonho, ingressar no mestrado em Engenharia de Transportes, área em que teve mais afinidade durante a graduação; Ele sabe que não será fácil, mas, como em outras vezes, não medirá esforços para realizar mais um sonho.

Diego é um jovem ousado, e já tem uma viagem planejada para o Egito, onde passará 3 (três) meses realizando intercâmbio voluntário na reconstrução da Cidade de Damietta.

Ficamos todos felizes pelas suas conquistas, Diego.

Te desejamos todo o sucesso do mundo, você merece!

Compartilhe:

sábado, 15 de dezembro de 2018

Mario Brito posa fantasiado de Xuxa


Mario Brito compartilhou um momento bem descontraído com os seus seguidores no Intagram. Na noite da última sexta-feira(14), o blogueiro postou uma foto em que aparece sorridente fantasiado de Xuxa. A homenagem prestada para apresentadora foi para festa de confraternização de uma empresa paulistana. 

Ainda nas redes sociais, o blogueiro compartilhou momentos da festa chamando ainda mais atenção do seu público. Além da homenagem para a eterna Rainha dos Baixinhos, o blogueiro contou com um grupo de amigas que estavam fantasiadas de Paquitas. 

Imagem/Reprodução/Arquivo Pessoal/Divulgação


Via Mario Costa Fonseca Brito





Compartilhe:

Carreta que transporta hélice de turbina eólica cai em vala e bloqueia trânsito na BR-232


Carreta que transporta hélice de turbina eólica cai em vala e bloqueia trânsito na BR-232

Um carreta que transporta hélice de turbina eólica caiu em uma vala na manhã dessa sexta-feira (14) e bloqueou o trânsito na BR-232, em Caruaru, Agreste de Pernambuco.

Testemunhas informaram que o motorista do veículo fazia uma manobra em uma curva quando a carreta caiu em uma vala. O veículo ficou atravessado na rodovia, nas proximidades do km 127.

Por volta das 14h (horário local) dessa sexta-feira, o veículo foi retirado do local e o trânsito foi normalizado.

Via  jornaldesafio.com.br
Compartilhe:

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Polícia Civil pede ajuda para prender suspeito de apagar imagens do assassinato da garota Beatriz


Polícia Civil pede ajuda para prender suspeito de apagar imagens do assassinato da garota Beatriz

Bem vindo ao Player Audima. Clique TAB para navegar entre os botões, ou aperte CONTROL PONTO para dar PLAY. CONTROL PONTO E VÍRGULA ou BARRA para avançar. CONTROL VÍRGULA para retroceder. ALT PONTO E VÍRGULA ou BARRA para acelerar a velocidade de leitura. ALT VÍRGULA para desacelerar a velocidade de leitura.Play!Ouça este conteúdoAudimaAbrir menu de opções do player Audima.

A Polícia Civil continua em diligências contínuas para localizar e prender ALLINSON HENRIQUE DE CARVALHO CUNHA, suspeito de apagar as imagens que mostravam o assassino da menina BEATRIZ MOTA e atrapalhar o andamento das investigações. A Polícia pede para quem tiver qualquer informação que possa levar ao paradeiro do suspeito, entrar em contato pelo telefone (81) 986501229, que também possui WhatsApp. O sigilo é garantido.

Via didigalvao.com.br
Compartilhe:

Ônibus com romeiros colide com caminhão e deixa cinco mortos e 25 feridos



Cinco pessoas morreram em uma colisão entre um ônibus e um caminhão em Campos Sales, no interior do Ceará, na tarde desta quinta-feira (13), de acordo com profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O ônibus fazia o transporte de romeiros de Canindé para Campos Sales.

Outras 25 pessoas ficaram feridas. Elas foram atendidas inicialmente no Hospital Geral de Campos Sales e foram transferidas para outras unidades da região, de acordo com a gravidade de cada paciente. Seis pessoas estão em estado grave.

O motorista do caminhão sofreu fratura nas pernas e é atendido no hospital de Campos Sales. O motorista do ônibus com romeiros é uma das vítimas.
De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), várias pessoas ficaram presas às ferragens e foram retiradas cerca de uma hora depois da colisão. A PRE informou também que ainda fará uma análise da causa do acidente.

A Polícia Rodoviária Estadual informou que os romeiros haviam fretado um ônibus para viajar para Canindé, no interior do Ceará, onde participariam de várias missas. Eles deixaram Canindé no início da tarde e sofreram o acidente a 12 quilômetros da sede de Campos Sales, destino dos romeiros.

Conforme o Samu, as equipes contam com oito ambulâncias atendendo os pacientes no local do acidente, na CE-371, no trecho da via que liga as cidades de Campos Sales e Antonina do Norte.

Um helicóptero da Secretaria de Segurança realizou a transferência de uma pessoa ferida em estado em mais grave para o Hospital Instituto Doutor José Frota (IJF), em Fortaleza.

Fonte: Noticias ao minuto
Compartilhe:

Primo de vítima da Tragédia em Milagres contesta versão de policial de que reféns já estavam mortos




Cinco dias após o tiroteio que deixou 14 mortos em Milagres, uma nova polêmica surgiu em torno do caso. Um familiar do empresário João Magalhães, morto na Tragédia de Milagres, contestou nessa quarta-feira (12) a versão dada por um policial que teria participado da ação.

O PM, que não quis se identificar, havia afirmado em entrevista ao O Povo Online que a polícia não chegou atirando, mas sim foi recebida a tiros. Na operação, 14 pessoas morreram, seis delas eram reféns. O policial relatou que os reféns já estavam mortos e com os corpos empilhados.

A declaração diz ainda “em momento algum sabíamos que havia reféns. Não houve escudo humano. Não foram visualizados reféns na frente do banco ou qualquer sinal dos bandidos para avisar que estavam com reféns. Nós não saímos atirando contra os carros. Nós trocamos tiros com os bandidos na cidade”, disse o policial.

Em entrevista à TV Jangadeiro, João Daniel, primo da vítima – que não estava no carro no momento do ocorrido – negou a versão do policial e afirmou que reféns foram mortos pela polícia e não por bandidos. “Se eu sou bandido, eu vou matar meu escudo? Eu nunca vi na história um refém ser morto antes da polícia atirar”.

De acordo com João, o laudo do Instituto Médico Legal (IML) informa que a causa da morte do empresário foi uma hemorragia, às 3h15 da sexta-feira (7). O filho morreu às 2h. “João Magalhães morreu agonizando por 1h15, sem socorro. Vinícius teve morte instantânea (…) Não socorreram, ele morreu com tiro de fuzil, arma de guerra. As armas dos bandidos eram de calibre 12. Quem matou foi a polícia”.

O primo da vítima chama atenção ainda para as armas dos criminosos, que não foram divulgadas. “Cadê as fotos das armas dos bandidos? Em toda operação da polícia, as armas, coletes e projéteis ficam no chão formando o nome do grupo que apreendeu”.

Entenda o caso

Um grupo fortemente armado chegou à cidade de Milagres durante a madrugada e tentou atacar duas agências bancárias. De acordo com informações preliminares levantadas pela inteligência e que serão aprofundadas durante o inquérito da Polícia Civil, os assaltantes renderam pessoas que passavam pela BR-116 e levaram os reféns até os bancos.

O grupo utilizou um caminhão para bloquear o acesso dos carros na rodovia. As viaturas do BPChoque entraram na cidade e, ao se posicionar próximo ao banco, se depararam com a ação criminosa em andamento. Houve troca de tiros entre suspeitos e os profissionais de segurança.

Durante o tiroteio, cinco criminosos foram baleados e vieram a óbito no local; outros dois foram atingidos por disparos, socorridos e morreram em unidades hospitalares. O oitavo suspeito morreu em outro confronto com a Polícia no município de Barro. Além dos criminosos, seis reféns foram feridos e morreram. Até o momento, oito pessoas foram presas.

De acordo com o governador Camilo Santana, os policiais envolvidos na ação foram afastados e cumprem trabalhos administrativos.


Da Tribuna do Ceará

Compartilhe:

Policial que participou da operação na ‘Tragédia de Milagres’ conta detalhes e diz que reféns já foram achados mortos



Um policial que participou da operação em Milagres afirma que os policiais não chegaram atirando “a esmo” na Cidade e que os policiais foram recebidos a tiros. Na operação, 14 pessoas morreram, seis delas reféns. o profissional conversou com exclusividade com O POVO Online, com a condição de não ser identificado. Ele relatou corpos de reféns foram encontrados empilhados, já mortos quando os policiais chegaram ao local.

“Em momento algum sabíamos que havia reféns. Não houve escudo humano. Não foram visualizados (os reféns) na frente do banco ou houve qualquer sinal dos bandidos para avisar que estavam com reféns. Nós não saímos atirando contra os carros. Nós trocamos tiros com os bandidos na Cidade”, relatou.

Ele disse que um atirador da Polícia estava presente na operação e, com a luneta, não teria visualizado os reféns, mas apenas pessoas de balaclava e coletes. Os reféns, segundo a fonte, foram encontrados aglomerados no chão, já mortos. Ele disse que eles não entendem o motivo.

Segundo o policial, a atitude dos criminosos foi atípica, porque reféns, normalmente, são deixados em frente aos bancos ou usados na fuga. Não foi assim que agiram, conforme o relato, os criminosos em Milagres.

Distribuição dos policiais

A fonte relatou que o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) possuía informação de que aconteceria um ataque a banco na região. Havia grupos de policiais espalhados. Em três carros, 12 agentes seguiram até Brejo Santo – cidade vizinha a Milagres -, pois um grampo que identificava o sinal do celular de um dos olheiros integrantes da quadrilha apontava que os criminosos iriam para a Cidade. Mas não havia movimentação em Brejo Santo. Então, eles seguiram para Milagres.


“Na medida em que nos aproximamos, visualizamos cinco corpos, todos amontoados, uns em cima dos outros e no chão”.
Relato do policial


De acordo com a fonte, chegando a Milagres, os policiais do Gate foram recebidos a tiros e iniciaram um trabalho chamado de “progressão” – avanço no local para identificar a situação, durante a troca de tiros. Os PMs constataram que os criminosos já haviam destruído as vidraças das agências bancárias e colocado alguns explosivos.

Fumaça saía de uma das agências. Parecia até que já havia acontecido explosão. Mas, posteriormente foi informado que a fumaça era de um dispositivo de segurança da própria agência.

Corpos empilhados e reféns encontrados com vida 

Conforme iam progredindo, os policiais perceberam duas pessoas no chão. Elas não estavam “caracterizadas como os assaltantes” – não usavam balaclavas ou coletes balísticos. A dupla foi orientada a permanecer no local, deitada. “Na medida em que nos aproximamos, visualizamos cinco corpos, todos amontoados, uns em cima dos outros e no chão”, detalha o agente.

As três equipes se encontraram neste ponto e todos perceberam que os mortos não tinham características dos criminosos – também não tinham balaclavas ou coletes, como a dupla encontrada com vida instantes antes. “Ainda foi possível ver alguns homens recolhendo armas e correndo”, relata.

Os policiais encontraram um dos criminosos feridos durante o tiroteio. Quando tentavam socorrer o homem, os PMs voltaram a falar com os dois reféns encontrados com vida, abordados anteriormente. As vítimas relataram que os assaltantes os surpreenderam na BR-116 e seguiram com eles até as agências de Milagres. Segundo os dois, os criminosos entraram e saíram de Milagres aproximadamente três vezes, levando os reféns. Iam ao bloqueio e voltavam ao local dos bancos.

Durante a ocorrência, policiais do Comando Tático Rural (Cotar) foram acionados para dar apoio ao Gate. No entanto, se depararam com o caminhão que tinha sido deixado obstruindo a BR-116. Quem estava no comando da operação no local era o próprio comandante do Gate, Antônio Cavalcante. O tenente-coronel Cicero Henrique, comandante do Batalhão de Choque, estava em cidade próxima.

A fonte relata anda que a quantidade de tiros no veículo encontrado no local não é compatível com os disparos que atingiram as vítimas. Conforme apuração inicial da Perícia, foram constatadas duas perfurações a bala na Ranger, na parte superior do vidro traseiro. Não havia vestígios de sangue no interior do veículo.

Para o PM, os agentes do Gate estão sendo julgados por pessoas que não acompanharam a ocorrência. Para ele, por terem sido recebidos a tiros, a progressão era a única alternativa possível para os policiais. “Não chegamos atirando a esmo”, frisa. O policial diz que a pressão que o Gate vem sofrendo é grande e pede uma apuração antes de julgamentos que ele considera precipitados.

Do O Povo Online
Compartilhe:

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Homem é preso após denúncia de estupro de adolescente de 14 anos, em Serra Talhada


Homem é preso após denúncia de estupro de adolescente de 14 anos, em Serra Talhada

Um homem de identidade não revelada pela polícia foi preso no início da tarde desta quarta-feira (12), em Serra Talhada. Informações repassadas ao blog, pelo o 14º Batalhão de Polícia Militar, a vítima de 14 anos teria sido ameaçada de morte pelo o acusado, caso não praticasse o ato sexual.

“A vítima informou que o imputado havia lhe ameaçado, dizendo que se ela não mantivesse relações sexuais com ele, mataria a ela e ao seu pai, momento em que ele a enforcou e consumou o ato sexual”, diz o registro policial.

Após o relato da vítima e amparada pela denúncia de testemunhas, o acusado foi localizado em sua residência e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil e atuado em flagrante.

Via www.juniorcampos.net
Compartilhe:

PF cumpre mandado de busca em investigação de ameaça a Bolsonaro


PF cumpre mandado de busca em investigação de ameaça a Bolsonaro

A Polícia Federal cumpre na manhã desta quinta-feira (13), no Rio de Janeiro, um mandado de busca e apreensão expedido pela 7ª Vara Federal Criminal do estado, com o objetivo de identificar o autor de postagens com ameaças de morte do então candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro.

A ação ocorre no bairro Maracanã, na zona norte da cidade. O investigado, segundo nota da Polícia Federal, é um homem de 23 anos, cuja identidade não foi revelada.

Segundo as informações da PF, ele insultou ainda o vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão. A diligência da Polícia Federal tem como objetivo também identificar outras pessoas que “eventualmente estejam envolvidas na prática delituosa, bem como materializar outras condutas criminosas do investigado”.

A pena do crime citado prevista na Lei de Segurança Nacional é de reclusão, de 1 a 4 anos.(Via: Agência Brasil)
Compartilhe:

A falta que faz a Transnordestina ao Porto de Suap


A falta que faz a Transnordestina ao Porto de Suape

A conclusão da Ferrovia Transnordestina poderia contribuir para a geração de postos de trabalho e novos negócios no Porto de Suape. “Num momento como esse, o desemprego gerado pelos estaleiros seria atenuado, porque existiriam outras opções de negócios e empregos. A nossa estimativa é de que haveria um crescimento de 15% sobre o número de contêineres movimentados atualmente em Suape só nos dois primeiros anos após a linha férrea entrar em operação”, afirma o professor de Logística e Administração da UniFBV Wyden Paulo Alencar. Isso significaria um acréscimo de 70 mil contêineres (de 20 pés) na movimentação do porto pernambucano.

Em 2017, esse tipo de carga movimentou cerca de 464,4 mil TEUs, medida que indica um contêiner de 20 pés. “Atualmente, uma parte da carga de contêiner não escoa por Pernambuco por que não há ferrovia”, conta Paulo, acrescentando que a Ferrovia Transnordestina é vital para Pernambuco e principalmente para Suape escoar produtos para o Brasil e o exterior. Ele cita como exemplo as frutas do Vale do São Francisco. Lá é comum grandes empresas não enviarem um contêiner ao exterior pelo Porto de Suape, dividindo o escoamento da produção entre os Portos de Pecém, próximo à Fortaleza, e o de Salvador, na Bahia.


Todos os grandes portos do mundo recebem cargas de ferrovias, que podem transportar grandes volumes de uma única vez. A Transnordestina está em obras desde 2006 e consiste na construção de uma linha férrea de 1.753 quilômetros que começa na cidade de Eliseu Martins, no Sul do Piauí, e segue até os portos de Pecém e de Suape. Inicialmente, o empreendimento deveria ter sido concluído em 2010. Agora, a previsão é que o trecho da Transnordestina que chega até Suape só fique pronto em 2027 num relatório apresentado pela Transnordestina Logística S.A. (TLSA) – empresa responsável pela obra – na Câmara dos Deputados em novembro último. O evento não contou com a participação de qualquer parlamentar pernambucano. Ainda de acordo com esse documento, a parte da ferrovia que vai até Pecém ficará pronta em 2021.


“A Transnordestina corta a espinha dorsal da logística de Pernambuco. A ferrovia é um meio de transporte com um custo mais baixo. Isso vai trazer um grande impacto principalmente ao Porto de Suape, onde poderiam ser processados grãos, minérios, sendo escoados posteriormente para os Estados vizinhos e exterior”, conta o consultor de empresas e professor de Economia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Écio Costa. Ele também comenta que é “prejudicial” para a economia e o consumidor concentrar toda a distribuição de produtos de uma região inteira, como é o caso do Nordeste, nas rodovias, lembrando o caos que foi a greve dos caminhoneiros que ocorreu em maio último.


Blog: O Povo com a Notícia
Compartilhe:

Jéssica Janeide Magalhães procura pelo pai em Triunfo, no Sertão de Pernambuco



Jéssica Janeide Magalhães procura pelo pai em Triunfo, no Sertão de Pernambuco

Luiz Heleno Magalhães

Jéssica Janeide Magalhães procura pelo pai em Triunfo, no Sertão de Pernambuco. Quando mais jovem, ela foi levada por uma tia para viver em São Paulo. Hoje vive em Brasília, DF, e sonha em reencontrar o pai.

Segundo Jéssica,o nome de seu pai é Luiz Heleno Magalhães, neto de Dona Adalva, uma coveira conhecida da cidade. Ela tem poucas informações sobre onde o mesmo reside, apenas sabe que ele viaja bastante indo para Serra Talhada, Recife e retornando para Triunfo.


Há cerca de dois anos atrás conseguiu entrar em contato com o pai, no entanto perdeu o contato com o mesmo.

Caso tenha alguma informação sobre o pai de Jéssica entre em contato pelo telefone: (87) 9 9646 7744 (WhatsApp).

Via Blog do Elvis/NE10
Compartilhe:

Policial que participou da operação na ‘Tragédia de Milagres’ conta detalhes e diz que reféns já foram achados mortos


Policial que participou da operação na ‘Tragédia de Milagres’ conta detalhes e diz que reféns já foram achados mortos

Um policial que participou da operação em Milagres afirma que os policiais não chegaram atirando “a esmo” na Cidade e que os policiais foram recebidos a tiros. Na operação, 14 pessoas morreram, seis delas reféns. o profissional conversou com exclusividade com O POVO Online, com a condição de não ser identificado. Ele relatou corpos de reféns foram encontrados empilhados, já mortos quando os policiais chegaram ao local.

“Em momento algum sabíamos que havia reféns. Não houve escudo humano. Não foram visualizados (os reféns) na frente do banco ou houve qualquer sinal dos bandidos para avisar que estavam com reféns. Nós não saímos atirando contra os carros. Nós trocamos tiros com os bandidos na Cidade”, relatou.

Ele disse que um atirador da Polícia estava presente na operação e, com a luneta, não teria visualizado os reféns, mas apenas pessoas de balaclava e coletes. Os reféns, segundo a fonte, foram encontrados aglomerados no chão, já mortos. Ele disse que eles não entendem o motivo.

Segundo o policial, a atitude dos criminosos foi atípica, porque reféns, normalmente, são deixados em frente aos bancos ou usados na fuga. Não foi assim que agiram, conforme o relato, os criminosos em Milagres.

Distribuição dos policiais

A fonte relatou que o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) possuía informação de que aconteceria um ataque a banco na região. Havia grupos de policiais espalhados. Em três carros, 12 agentes seguiram até Brejo Santo – cidade vizinha a Milagres -, pois um grampo que identificava o sinal do celular de um dos olheiros integrantes da quadrilha apontava que os criminosos iriam para a Cidade. Mas não havia movimentação em Brejo Santo. Então, eles seguiram para Milagres.

“Na medida em que nos aproximamos, visualizamos cinco corpos, todos amontoados, uns em cima dos outros e no chão”.
Relato do policial

De acordo com a fonte, chegando a Milagres, os policiais do Gate foram recebidos a tiros e iniciaram um trabalho chamado de “progressão” – avanço no local para identificar a situação, durante a troca de tiros. Os PMs constataram que os criminosos já haviam destruído as vidraças das agências bancárias e colocado alguns explosivos.

Fumaça saía de uma das agências. Parecia até que já havia acontecido explosão. Mas, posteriormente foi informado que a fumaça era de um dispositivo de segurança da própria agência.

Corpos empilhados e reféns encontrados com vida 

Conforme iam progredindo, os policiais perceberam duas pessoas no chão. Elas não estavam “caracterizadas como os assaltantes” – não usavam balaclavas ou coletes balísticos. A dupla foi orientada a permanecer no local, deitada. “Na medida em que nos aproximamos, visualizamos cinco corpos, todos amontoados, uns em cima dos outros e no chão”, detalha o agente.

As três equipes se encontraram neste ponto e todos perceberam que os mortos não tinham características dos criminosos – também não tinham balaclavas ou coletes, como a dupla encontrada com vida instantes antes. “Ainda foi possível ver alguns homens recolhendo armas e correndo”, relata.

Os policiais encontraram um dos criminosos feridos durante o tiroteio. Quando tentavam socorrer o homem, os PMs voltaram a falar com os dois reféns encontrados com vida, abordados anteriormente. As vítimas relataram que os assaltantes os surpreenderam na BR-116 e seguiram com eles até as agências de Milagres. Segundo os dois, os criminosos entraram e saíram de Milagres aproximadamente três vezes, levando os reféns. Iam ao bloqueio e voltavam ao local dos bancos.

Durante a ocorrência, policiais do Comando Tático Rural (Cotar) foram acionados para dar apoio ao Gate. No entanto, se depararam com o caminhão que tinha sido deixado obstruindo a BR-116. Quem estava no comando da operação no local era o próprio comandante do Gate, Antônio Cavalcante. O tenente-coronel Cicero Henrique, comandante do Batalhão de Choque, estava em cidade próxima.

A fonte relata anda que a quantidade de tiros no veículo encontrado no local não é compatível com os disparos que atingiram as vítimas. Conforme apuração inicial da Perícia, foram constatadas duas perfurações a bala na Ranger, na parte superior do vidro traseiro. Não havia vestígios de sangue no interior do veículo.

Para o PM, os agentes do Gate estão sendo julgados por pessoas que não acompanharam a ocorrência. Para ele, por terem sido recebidos a tiros, a progressão era a única alternativa possível para os policiais. “Não chegamos atirando a esmo”, frisa. O policial diz que a pressão que o Gate vem sofrendo é grande e pede uma apuração antes de julgamentos que ele considera precipitados.


Do O Povo Online
Compartilhe:

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Homem mata 4 e comete suicídio em catedral de Campinas



Um tiroteio na Catedral Metropolitana de Campinas (SP), no início da tarde desta terça-feira, 11, deixou cinco mortos, entre os quais o atirador, e quatro feridos, de acordo com informações da Secretaria de Segurança de Campinas. A ocorrência foi registrada às 13h25 no 1º Distrito Policial de Campinas.

O autor dos disparos estava dentro da Catedral após o fim de uma missa que havia começado às 12h15. Ele abriu fogo com uma pistola e um revólver calibre 38 e cometeu suicídio em frente ao altar. Ainda não se tem notícia sobre a motivação do atentado. Segundo relatos da Guarda Municipal de Campinas, há idosos entre as vítimas fatais.

Dois dos feridos foram levados ao Hospital Municipal Dr. Mário Gatti, um ao Hospital de Clínicas da Unicamp e um ao hospital Beneficência Portuguesa.

Em entrevista ao canal Globonews, o major Adriano Augusto, comandante do 8º Batalhão da PM, afirmou que o atirador estava sentado dentro da igreja quando, de repente, levantou-se e começou a atirar. As primeiras pessoas que ele atingiu e matou foram as que estavam sentadas logo atrás dele.

“Algumas pessoas correram e policiais que estavam em frente à igreja ouviram os disparos e correram ao interior da igreja, ele continuou com os disparos, os policiais se abrigaram e quando foi possível atingiram ele com um disparo, nesse momento ele efetuou um disparo contra a própria cabeça.

Segundo Augusto, o criminoso só parou de atirar após ser atingido por policiais que entraram na Catedral quando ouviram os disparos. Nesse momento, ele atirou contra a própria cabeça, com a última munição dentro da pistola. O major relatou que ele recarregou a arma uma vez e ainda tinha entre 28 e 30 balas quando se matou.

O Secretário de Segurança de Campinas, Luiz Augusto Baggio, declarou no local que ainda não se sabe a identidade do atirador nem o seu histórico. Baggio afirma que investigações vão apurar os motivos que levaram o criminoso a abrir fogo. A secretaria está aguardando a conclusão da perícia técnica, conduzida pela Polícia Civil, para divulgar mais informações sobre o caso.

“Ele já tem uma idade mediana. Agora, a gente vai aguardar pra identificar [a identidade do atirador] e tentar entender um pouco os motivos, principalmente até pra poder fazer prevenções, quer dizer, qual é a motivação desse individuo pra chegar até essa fatalidade”, disse o secretário. 

A Catedral Metropolitana fica no Centro de Campinas, na Praça José Bonifácio, área comercial nas imediações das avenidas Treze de Maio Francisco Glicério, duas das principais da cidade, que é a terceira mais populosa do estado de São Paulo. (Via:Veja)

Compartilhe:

Governador do Ceará pede desculpas sobre declaração após mortes de reféns na ‘Tragédia de Milagres’




Em entrevista coletiva nesta segunda-feira (10) o governador Camilo Santana (PT) admitiu que sua primeira fala sobre a morte dos reféns durante tentativa de assalto na última sexta (7), em Milagres, foi “infeliz”. Durante inauguração do Centro Integrado de Inteligência, em Fortaleza, ele havia dito que era “estranho um refém de madrugada num banco”.

Camilo disse que quando foi questionado sobre o acontecido ainda não sabia de fato o que realmente tinha se passado naquela manhã, inclusive sobre o reconhecimento dos corpos. O governador ainda explicou que a primeira declaração havia sido “mal interpretada” pela mídia. Na primeira entrevista, afirmou que os assaltantes “estavam preparados para assaltar dois bancos, e não conseguirem”.

O governador afirmou também que pediu desculpas às famílias, disse ser solidário com as vítimas e falou sobre “respeito com pessoas e com a vida”. Ainda de acordo com o governador, 12 policiais que participaram da operação foram afastados das ações externas e passaram a atuar em serviços administrativos internos. (Site Miséria)


Compartilhe:

BLCONSTRUÇOES

BLCONSTRUÇOES
SÃO JOÃO DOS LEITES, FLORES-PE

AUGUSTO CÉSAR: DEPUTADO ESTADUAL-PE

AUGUSTO CÉSAR: DEPUTADO ESTADUAL-PE
AUGUSTO CÉSAR: DEPUTADO ESTADUAL-PE DO LITORAL AO SERTÃO PERNAMBUCO FONTE

PREMOCIL

PREMOCIL
Construindo sonhos

Nildo da Sprinter - Flores - PE

Nildo da Sprinter - Flores - PE
TEL: (87) 99933-8989 (87)981225014

SERTAMOL HONDA SERRA TALHADA-PE

SERTAMOL HONDA SERRA TALHADA-PE
SERTAMOL HONDA Matriz Av. João Gomes de Lucena, 4743, São Cristóvão - Serra Talhada - PE (87) 3831-2380/2226. Filial Sertamol Honda Rod. PE 320, Nº 1594 Carnaíba - PE Fone: 9957-0051/9957-0068 ...

CICLO BIKE MOTO PEÇAS

CICLO BIKE MOTO PEÇAS
TUDO PARA SUA BICICLETA E PEÇAS PARA MOTO. SERVIÇOS GERAIS DE BICICLETA E MOTOS, RUA 13 DE MAIO, Nº 110 / CENTRO / SERRA TALHADA - PE

FARMÁCIA PRONTO SOCORRO FLORES-PE

FARMÁCIA PRONTO SOCORRO 100 ANOS ZELANDO POR SUA SAÚDE.MEDICAMENTOS HUMANOS E VETERINÁRIOS. TRAV. MANUEL QUIDUTE SOBRINHO - Nº18 FLORES-PE . ORG = GUILHERME ANDRADA.

MOVELAR

CURTA NOSSA PÁGINA

ABLOGPE


Arquivo do Blog