quarta-feira, 21 de julho de 2021

Em Pernambuco, 13 cidades já acumulam mais assassinatos do que em todo ano de 2020


Em Pernambuco, 13 cidades já acumulam mais assassinatos do que em todo ano de 2020

Apesar de Pernambuco acumular uma redução de 14% na taxa de homicídios no primeiro semestre deste ano em relação a 2020, municípios do interior do Estado estão em sinal de alerta por causa do crescimento da violência. Tratam-se de 13 cidades localizadas nas regiões da Zona da Mata, Agreste e Sertão que, em apenas seis meses, já acumularam mais assassinatos do que em todo o ano de 2020, segundo dados da Secretaria de Defesa Social (SDS).

Um dos municípios é Chã Grande, na Mata Sul do Estado, a aproximadamente 83 km da capital pernambucana. Lá, a disputa pelo domínio do tráfico de drogas levou a um verdadeiro “banho de sangue”. Ao longo do ano passado, foram cinco homicídios. De janeiro a junho deste ano, já foram nove. Todas as vítimas foram adultos e do sexo masculino. A população, amedrontada, pediu socorro.

“O município sempre foi tranquilo, mas há dois grupos que estão brigando pelo domínio do tráfico, e a maioria das mortes está relacionada a isso”, disse o delegado Paulo Roberto Lapenda, titular da cidade. “Pedi reforço à Polícia Civil e, há alguns dias, fizemos uma operação e conseguimos fazer algumas prisões para trazer paz à cidade”, completou.

As mortes violentas em Lagoa dos Gatos, no Agreste pernambucano, a 180 km do Recife, também chamam a atenção. A polícia contabilizou dois homicídios em todo o ano de 2020. Mas, somente no primeiro semestre deste ano, já foram nove assassinatos. Todos homens.

No dia 18 de abril, a cidade parou após um triplo homicídio dentro de um bar. As vítimas identificadas como João Paulo de Souza, de 23 anos, José Rogério de Sales Filho, 22, e Eliandro Ferreira da Silva, 22, estavam bebendo no estabelecimento, quando dois homens numa moto chegaram atirando neles. Todos morreram na hora. A Polícia militar conseguiu prender um dos suspeitos em flagrante. Mas a motivação do crime até hoje não foi esclarecida.

“O suspeito deu várias versões sobre o fato, mas não ficou comprovada a motivação”, afirmou o delegado Jeová Miguel, responsável pela investigação. Segundo ele, o aumento dos homicídios em Lagoa dos Gatos não está relacionado a disputa pela venda de drogas, como ocorre em outras cidades. “Há vários fatores. Houve esse triplo (homicídio), houve um vizinho que matou o outro. Mas já conseguimos elucidar cinco mortes”, declarou.

O município de Saloá, também no Agreste, a 261 km do Recife, também vive uma escalada da violência. No ano passado, duas mortes violentas foram registradas. Mas, neste ano, já foram seis. Quatro vítimas eram homens. Duas eram mulheres. Um dos casos ocorreu em 16 de fevereiro: um cadeirante, identificado como Cícero Ênio de Oliveira Santos, de 36 anos, foi morto a tiros na frente de casa. Os assassinos fugiram em seguida.

A coluna Ronda JC entrou em contato com a Delegacia de Saloá, ontem pela manhã, para entender as possíveis motivações dos crimes na cidade. Mas a delegada titular não estava.

O QUE DIZ A POLÍCIA CIVIL?

A coluna solicitou à Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) um porta-voz para comentar o aumento da violência nas 13 cidades do interior. Mas a assessoria enviou apenas uma nota oficial. No texto, o órgão informou que “houve redução nos números de homicídios em todo o Estado. Nos municípios onde houve aumento de casos, o trabalho da PCPE tem sido intensificado com ações integradas de policiamento ostensivo, especializado, operações de repressão qualificada, operações de intervenção tática, cumprimento de mandados e desarticulação de grupos criminosos”.

O texto da assessoria ainda destacou que “o mês de junho de 2021 consolidou o primeiro semestre deste ano como o de menor índice de CVLIs (Crimes Violentos Letais Intencionais) desde 2013. Nos seis meses iniciais de 2021, houve 1.680 vítimas desse tipo de crime. Chegou a 14,4% o recuo em relação a 2020, quando foram registrados 1.963 crimes contra a vida”.

“A Zona da Mata teve 334 ocorrências neste ano, menos do que as 438 do ano passado, uma redução de 23,74%. A diminuição no Agreste foi de 22,29%, com 366 crimes em relação aos 471 de 2020. A Região Metropolitana do Recife contabilizou 12,7% homicídios a menos com 481 CVLIs, enquanto em 2020 foram 551. No Sertão, a retração foi de 6,73% com 208 ocorrências contra as 223 de 2020”, completou a nota. (Via: Ronda Jc)
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

PREFEITURA DE FLORES-PE

PREFEITURA DE FLORES-PE
MAIS TRABALHO, PROGRESSO E UNIÃO

FARMÁCIA VIVA

FARMÁCIA VIVA
FLORES-PE

BLCONSTRUÇOES

BLCONSTRUÇOES
SÃO JOÃO DOS LEITES, FLORES-PE

PREMOCIL

PREMOCIL
Av. João Gomes de Lucena ,3762 –São Cristóvão Serra Talhada-PE Cep:56912-000 (87) 3831-6149 (87) 999330528

SERTAMOL HONDA SERRA TALHADA-PE

SERTAMOL HONDA SERRA TALHADA-PE
SERTAMOL HONDA Matriz Av. João Gomes de Lucena, 4743, São Cristóvão - Serra Talhada - PE (87) 3831-2380/2226. Filial Sertamol Honda Rod. PE 320, Nº 1594 Carnaíba - PE Fone: 9957-0051/9957-0068 ...

FARMÁCIA PRONTO SOCORRO FLORES-PE

FARMÁCIA PRONTO SOCORRO 100 ANOS ZELANDO POR SUA SAÚDE.MEDICAMENTOS HUMANOS E VETERINÁRIOS. TRAV. MANUEL QUIDUTE SOBRINHO - Nº18 FLORES-PE . ORG = GUILHERME ANDRADA.

CURTA NOSSA PÁGINA

ABLOGPE


Arquivo do Blog