Blog Benjamin Leite

Vereador recebe recado de eleitora desejando sua morte e de Bolsonaro



Vereador recebe recado de eleitora desejando sua morte e de Bolsonaro

A última sessão ordinária de 2021 na Câmara Municipal de Serra Talhada (CMST) não foi apenas de prestação de contas para o vereador Vandinho da Saúde. Na tribuna, o parlamentar governista fez um desabafo, detalhando um recado que recebeu, via grupo de WhatSapp, de um mulher que dizia ser ‘uma eleitora decepcionada’ com o apoio do vereador ao presidente da República, Jair Bolsonaro.

“Eu queria também aqui demonstrar a minha indignação e o meu repúdio com algo que aconteceu comigo durante essa semana. É inadmissível que pessoas com a mente pequena, com uma mentalidade tão pequena, chegar ao ponto de desejar ser a morte. Isso aconteceu comigo, eu tenho os áudios aqui no meu telefone de uma cidadã serra-talhadense que entrou em um grupo de WhatSapp e disse que queria ser a morte por um dia. Eu não poderia deixar de registrar isso aqui na última sessão do ano. Disse que queria ser a morte para matar o presidente da República [Jair Bolsonaro] em uma noite e a minha pessoa. E ainda me denominou de cachorrinho. Me matar devagarzinho, cortando o braço, cortando a perna”, disparou.

Segundo Vandinho da Saúde, ele chegou a dialogar com a eleitora, afirmando que as ameaças não iriam mudar o seu ponto de vista e posição partidária. “Isso é inadmissível, pessoas que têm a mentalidade pequena, pessoas baixas. Ela disse que votou em mim e se arrependeu por eu ter votado em Bolsonaro e eu disse a ela, naquela ocasião, que se ela se arrependeu de votar em mim tudo bem, mas eu não vou mudar os meus conceitos e os meus princípios pelo fato dela deixar de votar em mim ou não por eu ter votado no presidente da república que eu acredito que está fazendo o melhor para o nosso país. Nóss somos 17 vereadores e eu nunca desrespeitei nenhum vereador e ninguém pelo fato de votar em Bolsonaro, ou pelo fato de votar em Lula. ou em Haddad, ou em esquerda, ou em direita”.

APARTES DE APOIO

Durante discurso,Vandinho da Saúde recebeu palavras de solidariedade de dois petistas: Manoel Enfermeiro e Rosimério de Cuca, que disse nunca desejar a morte de Bolsonaro, embora, caso isso ocorresse, ‘seria um ato de limpeza pública’.

“Respeito a opinião de todos. Que Deus lhe abençoe, não vou lhe desejar o dobro do que você está me desejando, mas vou dizer como eu disse no meu áudio: que Deus lhe abençoe, abençoe sua família, que você mude seu conceito e não fique por aí desejando matar ninguém não que isso é feio. Desejou ser a morte por uma noite para matar o presidente da República e matar esse cachorrinho aqui, mas eu entreguei a Deus e pode ter certeza que eu não vou mudar o meu conceito. Em 2022, é Bolsonaro na cabeça”, concluiu.

Via farol de noticias

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

premocil

SERTAMOL HONDA SERRA TALAHADA-PE