Blog Benjamin Leite

PT de Pernambuco apoia candidato ao Senado com 1% dos votos



PT de Pernambuco apoia candidato ao Senado com 1% dos votos

Se o PT de Pernambuco estivesse de fato interessado em indicar o nome mais forte que tem para o Senado, não haveria mais o que discutir – seria o de Marília Arraes, deputada federal, que por uma margem estreita de votos não se elegeu prefeita do Recife há dois anos. Perdeu para seu primo João Campos (PSB).

Mas o senador Humberto Costa, que manda no PT, detesta Marília e sabotou sua candidatura a prefeita. O PSB apoiará Lula para presidente como já foi anunciado, mas a seção pernambucana do partido se opõe à candidatura de Marília ao Senado. Se eleita, daqui a 4 anos, ela poderia disputar o governo.

E o governo está reservado para João, filho do ex-governador Eduardo Campos, e bisneto do ex-governador Miguel Arraes. Marília é neta de Arraes. Se der certo, o plano de João é se reeleger prefeito em 2024, e dois anos depois eleger-se governador. Este ano, o candidato do PSB ao governo é o deputado Danilo Cabral.

Pesquisas recentes de intenção de voto põem Marília nas alturas como eventual candidata ao Senado. Ela teria pouco mais de 25%, quase 10 pontos à frente do segundo colocado, Armando Monteiro Neto (PSDB). O deputado Carlos Veras (PT), candidato apoiado pela cúpula do seu partido, aparece com 1%.

Menos do que isso tem o ministro do Turismo, o sanfoneiro Gilson Machado (PSC), candidato de Bolsonaro. Machado está em penúltimo lugar com 0,6% das intenções de voto. Para presidente, Lula tem no Estado em que nasceu o triplo dos votos de Bolsonaro. (Via: Blog do Noblat)

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

premocil

SERTAMOL HONDA SERRA TALAHADA-PE